21. Outubro 2018 - 21:00
Compartilhá-lo no:

Roger Waters no Mineirão / BH - 21/10/2018 | Estádio Mineirão | Domingo, 21. Outubro 2018

Confirmado o show de Roger Waters em Belo Horizonte. O ex-baixista do Pink Floyd, de 74 anos,vai se apresentar em 21 de outubro, um domingo, no Mineirão. Os ingressos começam a ser vendidos no dia 11. Clientes Elo têm terão prioridade (de 11 a 13 de dezembro). Para o público em geral a venda terá início no dia 14 (no site www.ticketsforfun.com.br e na bilheteria do KM de Vantagens Hall).

Para o show de BH, os ingressos custam: Pista Premium: R$ 720 e R$ 360 (meia); Cadeira inferior: R$ 490 e R$ 245 (meia); Pista: R$ 340 e R$ 170 (meia); Cadeira superior: R$ 300 e R$ 150 (meia).

Serão, ao todo, sete apresentações no Brasil, todas em outubro de 2018. Além de BH, ele se apresenta no dia 9 no Allianz Parque, em São Paulo; 13, no Mané Garrincha, em Brasília; 17, na Fonte Nova, em Salvador; 24, no Maracanã, Rio; 27, no Couto Pereira, em Curitiba; e 30, no Beira-Rio, em Porto Alegre.

O repertório da turnê Us+Them shows músicas de álbuns clássicos do Pink Floyd (The dark side of the moon, The wall, Animals e Wish you were here) bem como do recente Is this the life we really want?, lançado em junho.

Com 12 faixas, Is this the life we really want? é o primeiro álbum de inéditas desde Amused to death (1992). Este hiato na produção discográfica de estúdio não significa que ele tenha ficado parado. Ao longo dos últimos 25 anos, Waters fez uma série de turnês, compôs uma ópera, reuniu o Pink Floyd para o lendário concerto beneficente Live 8 (2005) e ainda reviveu a ópera-rock The wall várias vezes, fazendo dela uma das obras mais politizadas do rock mundial.

Waters encerrou, no fim de outubro, no Canadá, a parte norte-americana da turnê. Em janeiro volta para a estrada para série de shows na Austrália e Nova Zelândia. Já a parte europeia da turnê terá início em abril, na Espanha e vai prosseguir até agosto, na Rússia.

O músico estreou no Brasil em 2002 com o show In the flesh?, que passou pelo Rio, Porto Alegre e São Paulo. Retornou ao país em 2007, com duas apresentações, em Rio e São Paulo, de The dark side of the moon. No ano seguinte, apresentou no Teatro Amazonas, em Manaus, a ópera Ça-Ira, sobre a Revolução Francesa (que foi reapresentada, em 2013, em São Paulo).

Seus shows mais recentes no país foram em março e abril de 2012, em Porto Alegre, São Paulo e Rio, em março de 2012.